O Códice de Patmos

Neste magistral livro que lhes apresentamos, o reconhecido escritor Ernesto Barón, com grande sabedoria e coragem, quis nos explicar de forma clara e direta, um dos legados antigos mais importantes e transcendentais para a humanidade, que, contudo, nunca foi bem entendido, pelo contrário, tem sido muitas vezes mal interpretado, colocado à parte e, inclusive, sido objeto de temor, rejeição e controvérsia até o momento atual... como é o caso deste enigmático Livro do Apocalipse, escrito pelo apóstolo João na ilha de Patmos, na Grécia

No entanto, com esta obra que lhes apresentamos, O Códice de Patmos, seu autor, sob a luz da sabedoria e do conhecimento interior, desvenda com grande objetividade para nós, o significado destas Revelações do apóstolo João, que são de vital importância para estes momentos de crise mundial.

Uma mensagem sobre o destino da humanidade, que embora tenha sido escrita há mais de dois mil anos, narra acontecimentos plenamente atuais que estão ocorrendo agora por todo o planeta… não se trata de um sofisma de distração, nem de visões fantásticas ou alegóricas, nem de uma fé morta com alusões religiosas… é algo mais transcendental que deveríamos compreender e saber aproveitar.

Com grande conhecimento, o autor desta obra-mestra esclarece-nos, desde os primeiros capítulos, que estas Revelações não trazem uma mensagem catastrofista como muitos quiseram interpretar ou transmitir, mas sim, uma esperança de prevenção e ajuda para estes momentos difíceis que todos nós estamos vivendo na Terra.

Assim, com grande profundidade e a partir de uma visão Antropológica e histórica, com bases em Numerologia, Psicologia, Sociologia, Ciências etc., o autor abre nosso prisma para que descubramos o labor transformador e depurador tão necessário que está a caminho, e que assim como o Apocalipse coletivo é global, há também o Antropocalipse, que é individual. E por este motivo está a necessidade de despertar nossa consciência, ter uma psique mais limpa e lúcida.

Esta obra reveladora explica-nos minuciosamente o significado dos sete anjos do Apocalipse e seus labores a cumprir. Também sobre o Dragão e as duas bestas… que com suas guerras, crimes, ateísmo, terror, perversão… não têm poupado esforços para derramar sem piedade o sangue dos povos, como nós estamos vendo em muitos países, e que se estendem cada dia mais.

Da mesma forma, o autor revela-nos com grande detalhe e sapiência o significado dos quatro Cavaleiros Apocalípticos...Ele também desvenda o profundo ensinamento contido nas Sete trombetas dos sete anjos... Sobre os sete cálices e as sete pragas que estão afetando toda a humanidade.

Grandes mistérios que são decifrados com suprema inteligência e apoiados em evidências sociais, históricas e científicas que todos nós podemos comprovar...

E qual é o significado do Armagedom bíblico e a grande batalha final? Refere-se a algum lugar físico já conhecido, ou a algo além, mais próximo do interior do homem? E sobre o Mistério do Anjo com o livrinho? E o sinal do céu sobre a Mulher de Sol que dá à luz um filho varão, o que significam?

Graças à luz deste novo livro, O Códice de Patmos, e ao esforço e coragem de seu autor, o escritor Ernesto Barón, poderemos compreender todos estes enigmas de grande transcendência, mas de difícil entendimento até agora, discernindo-os para nosso benefício interior e também como orientação prática na vida diária desta difícil época de confusão geral.