Extractos de "Tratado de medicina naturista"

Este manual entrega-nos as chaves para vivermos de forma sã e inteligente, partindo do conhecimento do organismo humano para aprendermos a utilizar os alimentos e as plantas medicinais ao nosso alcance, revela-nos também as causas da origem da algumas doenças e como tratá-las.

 

Ernesto baro. Tratado de medicina naturista“A ciência da endocrinologia conhece dois tipos de glândulas: as glândulas de secreção externa que são aquelas que vertem os seus produtos, por meio de condutas especiais, nas cavidades ou órgãos do corpo ou no exterior do organismo... ... a glândula pancreática segrega a insulina que é a encarregada de regular o metabolismo do açúcar.”

“Há muitas doenças que antes de se manifestarem no plano físico, ou seja, no corpo celular, manifestam-se primeiro no corpo vital. É importante estudar de forma clara os sete corpos...”

“As frutas são consideradas o número um daquilo que a natureza nos oferece, pelo que são consideradas os melhores alimentos. Têm uma propriedade que foi descoberta recentemente e que é a de emitir radiações, com o poder de estimular ou desenvolver todas as células vivas com as quais entram em contacto.”

“A água, como agente terapêutico, é um poderoso agente curativo e a sua utilização na medicina natural chama-se hidroterapia. A fim de obter resultados satisfatórios, devem ser observados os seguintes requisitos: ao aplicar os jactos de água fria, o corpo deve estar quente...”

“Têm sido recomendados e utilizados muitos métodos para emagrecer ou diminuir a gordura, mas todos fracassam se não se atacar a raiz do problema. É conveniente fazer descansar o fígado de todos os alimentos que engordam, como é o caso da gordura, toucinho, óleos, oleaginosas, leite, queijo, arroz, pão, açúcares... como de qualquer outro alimento energético em geral...”

“A elementoterapia é o método mais simples para fazer curas e trabalhos especiais. É necessário conhecer, de forma profunda, como utilizar positiva e efectivamente os elementais...”